Prefeitura Municipal de Rubiataba
ACESSIBILIDADE MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE TAMANHO DA FONTE:
  • A+
  • A
  • A-

História

Rubiataba foi primitivamente habitada por pessoas dedicadas à formação de lavouras, registrando-se os pioneiros: José Custódio, Manoel Francisco do nascimento e Gabriel Pereira do Nascimento, que chegaram à região em 1945.

O projeto do núcleo populacional surgiu, efetivamente, em 1949, por iniciativa do Governo do Estado, objetivando a criação de uma colônia agrícola na mata de São Patrício.

Em 1950, iniciou-se, sob planificação, a construção da colônia, com o nome de Rubiataba (rubiácea = café; e taba = aldeia), em virtude da existência do cafezal nativo, cultura que dominou a região na época.

Uma área de 150.000 ha de terras de cultura foi dividida em 3.000 quinhões de 10 alqueires goianos, doados aos agricultores vindos de várias partes do país.

Formação Administrativa

Elevado à categoria de município e distrito com a denominação de Rubiataba (ex-povoado), pela Lei Estadual n.º 807, de 12-10-1953, desmembrado de Goiás. Sede no atual distrito Rubiataba. Constituído do distrito Sede. Instalado em 01-01-1954.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1955, o município é constituído do distrito sede.

Pela Lei Municipal n.º 44, de 12-12-1958 é criado o distrito de Valdelândia e anexado ao município de Rubiataba.

Pela Lei Municipal n.º 45, de 12-12-1958 é criado o distrito de Morro Agudo de Goiás (ex-povoado) e anexado ao município de Rubiataba.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído de 3 distritos: Rubiataba, Morro Agudo de Goiás e Valdelândia.

Pela Lei Estadual n.º 10.425, de 05-01-1988, é desmembrado de Rubiataba o distrito de Morro Agudo de Goiás. Elevado à categoria de município.

Em divisão territorial datada de 2003, o município é constituído de 2 distritos: Rubiataba e Valdelândia.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2017.

Fonte: IBGE